O formato do corpo dos peixes e dos outros seres marinhos é extremamente variável e possui uma intíma relação com seus habitats (locais onde vivem), hábitos, modo de natação e comportamento geral. Em função disso, os peixes e os outros seres marinhos podem ser divididos em três grupos básicos, descritos a seguir:
Pelágicos: peixes que nadam continuamente na faixa próximo da superfície da água, não possuindo um local específico de moradia. São normalmente fusiformes, migratórios e grandes nadadores. A maioria vive mais afastado da costa, em mar aberto. Muitos não possuem a bexiga natatória. A coloração do corpo costuma ser brilhante com tons azulados ou esverdeados no dorso e flancos e branca no ventre. Exemplos:dourados, pampos, marlins, enxadas, algumas raias e a maioria dos cações.
Nectônicos: peixes que nadam ativamente, porém mantêm uma relação com o substrato marinho, onde alguns fazem sua moradia (toca). São normalmente comprimidos lateralmente e vivem nas águas costeiras. A coloração de seu corpo, que varia muito, usualmente apresenta pintas, manchas ou listras claras ou escuras com um fundo contrastante mais escuro ou mais claro. Alguns possuem um bom mimetismo com fundo onde vivem. Exemplos: meros, salemas, budiões, ciobas, robalos e pescadas.
Bentônicos: peixes que habitam e dependem do fundo, em uma extreita relação com o substrato marinho. Não costumam ser bons nadadores. Alguns são comprimidos dorso-ventralmente. A coloração de seu corpo tende a ser escura no dorso e clara no ventre. A maioria apresenta excelente mimetismo com o fundo e alguns são peçonhentos. Exemplo: bagres, linguados, trilhas, mangangás, alguns cações e a maioria das raias.

Anúncios